domingo, 25 de junho de 2017

CRANBERRY HIBISCO - Hibiscus acetosella



O Hibiscus acetosella é um arbusto anual ou bianual da Família das Malváceas que pode atingir cerca de 2 a 3 metros de altura. Pertence ao gênero Hibiscus, que compreende cerca 200 espécies de plantas. De origem africana, é conhecida popularmente como hibisco roxo, quiabo-roxo, quiabo-azedo, quiabo-de-angola, etc.


As diferentes partes da planta têm várias utilidades. As folhas são ricas em vitaminas A e B1, sais minerais e aminoácidos. Quando ainda estão bem jovens e tenras, as folhas podem ser consumidas em saladas cruas; depois, um pouco mais velhas podem ser refogadas ou se tornar um ótimo ingrediente para o preparo de cozidos, sopas, feijão e arroz.

  GERMINAÇÃO E CULTIVO


As sementes devem ser escarificadas antes do plantio. Isto significa, pegue cada uma individualmente e as esfregue sobre uma lixa ou um arenito até a parte interna branco apenas comece a aparecer, como um ponto branco. Por esse buraquinho a água entrara na semente para facilitar a germinação.


Depois coloque as sementes em água (melhor ainda GA3, Ácido Giberellico) durante 48  horas.

Plantar em bandejas ou embalagens ou no lugar definitivo, apenas cobrindo as sementes, e regue todos os dias ate a brotação.

Após a emergência aguardar que a planta tenha pelo menos 10 cm para realizar o transplante para o lugar definitivo. Regar no plantio e todos os dias pelos próximos 10 dias. Depois disso, o único trato é o controle das ervas invasoras.

Local ensolarado, solo fértil, levemente úmido e de pH mais neutro.

Por se tratar uma planta adaptada ao clima quente, se desenvolve bem em temperaturas superiores a 21ºC, ou seja nas áreas de clima mais frio, deve ser plantado após o perigo da ultima geadas, ou iniciado seu cultivo em estufa. O solo ideal para o cultivo deve ser bem drenado, profundo e com alto teor de matéria orgânica.

ASSAFOETIDA - ferula assafoetida


IMPORTANTE:
Sendo uma planta originaria de regiões frias com una grande dormência, dificilmente germinará se semear diretamente sem seguir o Manual

PRE-TRATAMENTOS

As sementes de Assafoetida precisam de um periodo de frio para germinar. Coloque as sementes em vermiculita, perlita ou areia de rio úmida, num envelope ziplock, feche e coloque na geladeira por 3 meses.

Verifique o envelope semanalmente, e se tem sementes germinadas, plante-as com muito carinho e cuidado!



GERMINAÇÃO E PLANTIO

Plante em copinhos individuais. Coloque as sementes na superfície do solo e apenas cubra as mesmas (não enterre muito). Mantenha o solo levemente úmido e em um lugar com muita luz até a germinação, a que poderá demorar semanas. 

Transplantar para o seu local permanente quando tenha o primeiro par de folhas verdadeira, sem mexer nas raízes nem no torrão, e não mexa mais. Esta espécie não gosta de transplantes.

Plantas de espaço de pelo menos 60 metros de distância.

Em sua região nativa não tolera ser cultivada na sombra, mas no Brasil deve ser plantada em lugares onde NÃO receba o sol das horas mais fortes do dia!

CURIOSIDADE

A Assafoetida é uma planta monocarpics, floresce apenas uma vez e morre depois da floração. No entanto, poderá demorar anos a florir.





ALGODOEIRO DA PRAIA - Hibiscus tiliaceus

PRE-TRATAMENTO

Colocar as sementes de Hibiscus tiliaceus num copo ou xícara resistente ao calor e colocar nele água quente, que deverá ser trocada diariamente. A maior parte das sementes incham quando estão embebidos com água, e devem ser semeadas imediatamente. Sementes que não incham depois de uns dias, devem ser secadas e lixadas suavemente antes de repetir o processo.

As sementes de Hibiscus tiliaceus normalmente demoram 30-60 dias para germina, e mesmo em boas condições a germinação pode ser irregular. Tenha paciencia!

Plantas as sementes apenas a 2 mm de profundidade em copinhos ou bandejas com substrato para sementes bem drenado.


Transplante ao luga definitivo, quando as mudinhas tenham 15-20 cm.

Esta é uma das poucas espécies de Hibisco arbórea, considere isso na hora de plantar! 

Uma vez estabelecido, não precisa de cuidados nem regas. Suporta secas e terrenos salinos e arenosas.

s sementeira misturar em cerca de 22°C.

quinta-feira, 22 de junho de 2017

SABUGUEIRO - Sambucus sp (todas as espécies)

Germinação e cultivo de SABUGUEIRO (Sambucus nigra e outros)

As sementes de sabugueiro têm uma profunda dormência dentro delas, que requer um certo grau de paciência para superar mas é geralmente bastante fácil de obter elevados níveis de germinação se os procedimentos corretos são.

Prepare primeiro um substrato (pode ser uma mistura de perlite, areia e vermiculita. O substrato escolhido precisa estar úmido (mas não molhado), se ao apertar o substratos sai água, é que está muito molhado e sua sementes podem se afogar e morrer.

Misture as sementes no substrato, tendo certeza de que tem suficiente volume de material para manter as sementes separadas. Coloque a mistura de sementes em um saco plástico transparente (sacos para freezer, tipo sacos zip-lock).


Escreva a data no saco para que você saiba quando o pré-tratamento foi iniciado.

As sementes primeiro precisam de um período de pré-tratamento de aquecimento e precisam ser mantidos em temperaturas de 20 Celsius por um período de pelo menos dez semanas - não é crítico se ele dura uma semana ou duas mais do que isso. Durante este tempo certifique-se que o substrato  não seque em qualquer fase ou ele será ineficaz!

Depois as sementes necessitam de um período de frio para quebrar a parte final da dormência, isso é facilmente alcançado colocando o saco na geladeira (q 4 graus Celsius) durante pelo menos catorze semanas.  É perfeitamente possível que as sementes germinem no saco a estas temperaturas quando eles estão prontos a fazê-lo, nesse caso basta retirar do saco e cuidadosamente planta-las.

Quando o período de pré-tratamento tenha terminado a semente deve estar pronto para ser plantadas. Pequenas quantidades podem ser semeadas em vasos ou bandejas cheias de sementes com um composto de boa qualidade e cubra com uma fina camada de composto não mais de 1 cm de profundidade. 


Não exponha as sementes semeadas recentemente a altas temperaturas (acima de 25 graus Celsius). Manter as mudas bem regada e livre de plantas daninhas.

O crescimento no primeiro ano é geralmente entre 20 e 50 cm em função do tempo de germinação e técnicas culturais e desenvolvimento de mudas são normalmente sem problemas. Deixe crescer as mudas por 1 ou 2 anos antes do plantio em uma posição permanente.

terça-feira, 20 de junho de 2017

TILIA

As sementes de Tilia têm uma profunda dormência dentro delas, a germinação requer um grau de paciência mas é bastante fácil de obter elevados níveis de germinação se os procedimentos corretos são seguidos.

Prepare primeiro um substrato (pode ser uma mistura de perlita, areia e vermiculita) para colocar as sementes. O substrato escolhido precisa estar úmido (mas não molhado!). Misture as sementes no substrato, tendo a certeza de que a tem suficiente volume de material para manter as sementes separadas.

Coloque a mistura de sementes em um saco plástico transparente (sacos tipo  zip-lock). Escreva a data no saco para que você saiba quando o pré-tratamento foi iniciado.

As sementes primeiro exigem um período de pré-tratamento de aquecimento e precisam ser mantidos em temperaturas de 20 grados Celsius por um período de pelo menos 16 semanas (não é crítico se ele dura uma semana ou duas mais do que isso). Durante este tempo certifique-se de que o substrato utilizado não seque em qualquer fase ou ele será ineficaz!
 

Depois as sementes necessitam de um período de frio para quebrar a parte final da dormência, isso é facilmente alcançado colocando o saco na geladeira a 4 graus Celsius, durante pelo menos 16 semanas. É perfeitamente possível que  as sementes germinem no saco na geladeira, se assim for, basta retirar do saco e cuidadosamente planta-las.

Quando o período de pré-tratamento tenha terminado as sementes estarão  prontas para ser plantadas. As mesmas podem ser semeadas em vasos plásticos descartáveis ou bandejas, usando um substrato para mudas de boa qualidade e cobrindo com uma fina camada do mesmo de não mais de 1 cm de profundidade. 


As sementes não germinadas podem ter todo o processo repetido novamente para ativar mais sementes a germinar. 


Não exponha as sementes semeadas recentemente a altas temperaturas (acima de 25 graus Celsius). Manter as mudas bem regadas e livre de plantas daninhas. O crescimento no primeiro ano é normalmente entre 10 e 50 cm em função do tempo de germinação e técnicas culturais e o desenvolvimento de mudas normalmente não apresenta problemas.

sábado, 17 de junho de 2017

ÁRVORE DE JUDAS - ÁRVORE DO AMOR - OLAIA - Cercis siliquastrum

A olaia ou árvore-de-judas ou ainda árvore do amor (Cercis siliquastrum) é uma árvore pequena com 10 a 15 m de altura, nativa do sul da Europa e sudoeste asiático, comum na Península Ibérica, sul de França, Itália, Grécia e Ásia Menor, que forma uma árvore baixa com uma copa achatada. No início da primavera fica coberta com uma profusão de flores arroxeadas, que aparecem antes das folhas. 
 
As folhas são reniformes e caducas. As flores são comestíveis e têm um sabor acidulado. Podem ser comidas em saladas. A árvore era frequentemente incluída em herbários dos séculos XVI e XVII.
 
Diz-se que foi nesta árvore pequena e com poucos ramos que Judas Iscariotes se enforcou após ter traído Cristo, mas o seu nome poderá também derivar de "árvore da Judeia", nome da região onde a árvore era comum.

GERMINAÇÃO 

Pre-tratamento

IMPORTANTE: Sem o pre-tratamento é provável que 10% ou menos do que as sementes germinem!

Coloque as sementes em um recipiente à prova de calor e despeje água quente quase fervente e deixe de molho entre 24 horas. As sementes que tem sido tratadas com êxito terão inchado cerca de 2 a 3 vezes o seu tamanho anterior. Remova todas as sementes inchada já que estas serão danificados por novos tratamentos. Estas sementes devem ser colocados em um saco plástico e colocado na geladeira para armazenamento temporário. O tratamento de água quente pode ser repetido até 3 vezes, tornando a água um pouco mais quente de cada vez.

Agora as sementes necessitam de um período de frio para quebrar a parte final da dormência, isso é facilmente feito colocando as sementes com um mix de drenagem livre úmido (perlita ou areia de rio) colocando o saco na geladeira durante pelo menos 1 semana. É perfeitamente possível que as sementes germinem no saco mesmo na geladeira, nesse caso basta retirar as sementes germinadas do saco e cuidadosamente planta-las.

​Depois de uma semana na geladeira as sementes estão prontas para ser plantadas em vasos ou bandejas com um composto ou substrato de boa qualidade e cubra com uma fina camada de composto não mais de 5 mm de profundidade

As sementes germinam normalmente em uma semana a dez dias a 15-20°C. É importante que as temperaturas não sejam muito superiores ou a germinação será reduzido. 


As raízes são delicadas e mudas devem ser individualmente envasadas logo que possível desde plantas rapidamente se tornam intolerantes de perturbação de raiz.

CULTIVO

 - Suporta temperaturas baixas, mas prefere climas cálidos.

- Requer muita luz solar.

- Necessita solos alcalinos, profundos e muito bem drenados.

- Resiste bem a seca.

- Não suporta o alagamento.

- Não resiste geadas prolongadas, mas suporta até -10ºC.

- Sofre com o vento, que pode quebrar os galhos.

- A Olaia tolera a poda, necessária as vezes para que a árvore tenha uma forma harmoniosa, ou para que adote a forma de um pequeno arbusto.

- Não se deve podar severamente todos os anos. Podar em dias secos y de calor, na primavera ou no verão.

 

terça-feira, 23 de maio de 2017

FREIXO - Fraxinus sp (todas as espécies)

Habitat e ecologia: margens de cursos  de água e bosques em solos mesotróficos; muito frequente a marginar pastagens permanentes seminaturais (lameiros). Condições óptimas até aos 1600. É indiferente ao pH, necessitando de um solo fresco e com um certo grau de humidade. Espécie de sol, que precisa de humidade ambiental abundante. Muito resistente ao frio e ventos e tolera poluição atmosférica. Contudo é afetada pelo ar costeiro.

Modos de propagação:  Na natureza a germinação geralmente a germinação ocorre na primavera, pelo que as sementes necessitam de um período de estratificação a frio para simular este fato.

COLOQUE AS SEMENTES GELADEIRA POR 2-3 MESES ANTES DE SEMEAR. Depois semeei normalmente, apenas cobrindo as sementes, e mantendo o solo úmido mas não encharcado. Faça a germinação num lugar com muita luz, mas sem luz do sol direta.

SOLOS
Estas árvores podem tolerar quase todo tipo de solos, mas preferem solos úmidos e cultivo a sol pleno.

IRRIGAÇÃO
Abundante
.
Quando as plantas tiverem o tamanho suficiente, pode mudá-las para vasos e protegê-las durante o primeiro inverno se sua área tem geadas. Na primavera, plante-as nos locais definitivos.